segunda-feira, março 19, 2012

PAI - Um, o meu!



Hoje os anos pesam-te, os braços cansam-se, as pernas emperram-se.

Hoje os olhos vão-se fechando amodorrados pelo entardecer,

hoje as mãos anquilosadas têm dificuldade em segurar as minhas...


Mas hoje, ontem e amanhã serás sempre; O MEU PAI!





Pelos risos que me ensinaste, pelas lágrimas que já me enxugaste,

pelos "arranhões" que trataste, pelo sono que perdeste,

pelos cabelos brancos que te dei e pela vida toda que temos vivido,





O B R I G A D A!

5 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Luar minha querida amiga

Linda esta tua homenagem!
Que faças muitas mais, infelizmente o meu já partiu à muito.

Beijinho e uma flor

ana costa disse...

Muito enternecedora a sua mensagem para o pai!
Felizes daqueles que ainda têm um para lhe puderem dizer "Obrigada"
Beijo amiga

A.S. disse...

Perfeito!...


Beijos,
AL

rita disse...

sweet :)

Whispers disse...

Querida Luar,
Que homenagem linda ao teu pai.
Teu coração falou cheio de emoção, aquele que te deu o ser,que te viu crescer, e que te ajudou a levantar em tuas primeiras quedas da vida.

Sempre lindas as tuas emoções em letras.
Saudades.
Mil beijos
Rachel