quinta-feira, dezembro 18, 2014

FESTAS FELIZES

Veio o frio, veio a chuva, veio o cheiro de Natal.
Veio o pinheiro, o presépio e a mesa...Tudo igual...

Veio a ausência, o olhar perdido, veio o vazio sem fim,
veio a mão aberta sem rumo, sobre a mesa, só assim...

Mas Natal é tempo de sorrisos, de calor e alegria,
de alma plena e coração ardendo sem tanta "fantasia".

Desejo a todos que este Natal se deixem tocar pelo que realmente importa, realmente conta e faz sentido; Que nos "sapatinhos" possam encontrar em abundância

A M O R 
          P R E S E N Ç A
                                E S P E R A N Ç A
                                                          S A Ú D E
                                                                        P A Z



FESTAS FELIZES


4 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Lindo! Obrigada minha querida, igualmente para ti. Tudo de bom.

Beijinho no teu coração

Helena Medeiros Helena disse...

Mas veio também a esperança, a fé e o desejo de que TUDO vai melhorar, e as coisas que já estão boas hão de ficar ainda melhores.
Um significativo poema! Uma doçura de votos!
Que te chegue um Natal do jeitinho que planejares, acrescido de um montão de estrelas e uma porção de sorrisos.
Meu carinho no teu coração, minha linda amiga!
Helena

A.S. disse...

No Natal, transbordam todas as emoções. É como um regressar às origens. Espero que neste Natal, teu coração tenha transbordado de amor, ao momento inicial onde tudo é paz,esperança e o primeiro de todos os sonhos!

Beijo,
AL

Zélia Chamusca disse...

Que o verdadeiro espírito do Natal entre no nosso coração e consigamos ter um ANO NOVO melhor.

Beijinho Querida Poetisa Paula Homem e Feliz Ano Novo,
ZCH