segunda-feira, julho 12, 2010

SOMENTE HUMANA...


Somente humana, somente mulher!

não me peçam impossíveis,

não me peçam a perfeição,

sou somente humana, somente mulher.

Não me tornem invisíveis

os sentimentos em turbilhão,

sou somente humana, somente mulher.

Não sei amordaçar o coração,

não sei ter força desalmada,

sou somente humana, somente mulher.

Não sei não ceder e manter um não,

sou frágil na caminhada,

tropeço no meu próprio andar,

somente porque não sei não amar...

Sou unicamente humana, tão somente mulher.

2 comentários:

rita disse...

e ainda bem que assim é, não podes exigir impossíveis e sei que consegues ficar bem mesmo quando inicialmente ficas baralhada e sem saber o que pensar com tt sentimentos ao mesmo tempo, depois tudo acalma....se não fores assim não vives, por isso ainda bem que és assim, passado umas horas sei que consegues ficar bem, por isso continua a deixar-te amar!

Juℓi Ribeiro disse...

E a beleza se fez presente
nos teus lindos versos.
Nos presenteando com a tua sensibilidade e talento.
Mais um poema encantador
como todos que tive o privilégio
de aqui encontrar.

Beijo da amiga de além-mar.