sexta-feira, março 08, 2013

CAMINHO...SOMENTE

Virei o ano, virei a esquina, virei o porto de abrigo.
Caminhei descalça pelas pedras frias do caminho,
olhei o céu e vi-o abrir-se e fechar-se, rir e chorar,
desmanchar-se em lágrimas de anjo, e iluminar-se de sol.

Virei o silencio, virei o medo, virei o destino comigo.
Esfolei os joelhos, dilacerei os pés em duro espinho,
abri as mãos vazias e deixei-as somente tombar
frias, sombrias, arquejantes, perdidas sem farol.

Virei a página de mais um livro,
virei o sonho de mais um vazio,
virei a mordaça e o crivo
das minhas palavras no frio
de uma manhã sem rumo....


4 comentários:

ana costa disse...

Há momentos na vida que temos mesmo que virar a página e seguir em frente....
beijo e um bom fim de semana

A.S. disse...

Há sempre uma página em branco,
ávida de palavras e sensações,
que precisamos preencher.


Beijos,
AL

Nilson Barcelli disse...

Mas continua a caminhar.
E a escrever poemas pelo menos tão bons como este... que é excelente.
Giostei muito.
Um beijo, minha querida amiga.

ana costa disse...

olá amiga passando para deixar um beijinho