quarta-feira, junho 17, 2015

UM DIA...TALVEZ UM DIA...


Um dia haverá paz, acordo e entendimento.
Um dia haverá sossego,  céus  limpos e brilhantes,
um dia saberemos olhar em conjunto o firmamento
e encontrar as mesmas estrelas distantes mas vibrantes.

Um dia deporemos as armas, a agressividade e o azedume.
Um dia seremos capazes de dar os passos concretos.
Um dia saberemos resolver e calar todo o queixume,
tudo o que emperra o caminho impedindo dar passos certos.

Um dia imperam os sorrisos,  o sonho e as gargalhadas,
seremos de novo crianças sem preocupações nem barreiras.
Um dia entenderemos a vida, riremos das encruzilhadas.
Um dia...Quem sabe um dia não ultrapassamos as cegueiras
e simplesmente aceitamos tudo o que temos nas mãos....


3 comentários:

A.S. disse...

"um dia saberemos olhar em conjunto o firmamento
e encontrar as mesmas estrelas distantes mas vibrantes."

SIM...!!!

Beijo,
AL

Helena Medeiros Helena disse...

Minha doce amiga, tanto o poema anterior quanto o de agora, demonstram uma reflexão amarga do comportamento humano, mas também uma esperança a permear o DESALENTO. Soubeste bem delinear os caminhos maldosos que por vezes querem desenhar na nossa estrada, mas também soubeste mostrar que talvez um dia tenhamos a sabedoria de entender a vida e de rir das encruzilhadas, ultrapassando as cegueiras e simplesmente aceitando tudo o que temos nas mãos...
Um poema magnífico, meu anjo, onde a fé fica a permear os versos com a delicadeza que só uma alma tão doce como a tua pode professar.
Apesar de falar de fé e esperança nas tuas duas últimas publicações, dá para notar um certo desassossego no teu coração...
Espero, meu anjo, que sejam apenas formas de expressão na tua poesia, pois pessoas de alma tão caridosa quanto a tua merecem apenas encontrar estrelas e sorrisos pelos caminhos percorridos.
Fica meu carinho no agradecimento pela presença sempre abençoada lá no meu cantinho,
Helena

saudade disse...

E que esses dias quando chegarem que seja para ficarem.... E que tragam paz e sossego...
Magnífico...
Beijo de ...
Saudade