quarta-feira, janeiro 02, 2008

CAMINHANDO


Saio pelas ruas desta vida, sem destino,

em todas as lágrimas tropeço,

e com os sorrisos me encanto,

da tristeza compus o meu hino.

De mim mesma me despeço

em cada nota de pranto.

Saio pelas ruas da ilusão,

louca, solta, sem ter rumo,

de cada dia bebo o amargor

da espessa desilusão,

esvaio-me em branco fumo

no ar frio da imensa dor.

Saio pelas ruas, olho em volta;

A minha sombra é o vazio

e as nuvens são o meu manto,

já se perdeu de mim a escolta

que me guiava com brio

rindo de todo o meu espanto.

Saio. sozinha, pelas ruas...


14 comentários:

Suave Toque disse...

Um pouco triste, solitário, em alguns momentos também sou assim, solitária, percorro as ruas do me ser e não me encontro,más me encontro aqui, entre as palavras.
Bjsssss

Um Momento disse...

Sai eu também sózinha ...
E aqui vim parar...
Faço-te companhia
Nesta noite sem luar

Deixo um beijo

(*)

MIMO-TE disse...

A vida é feita de pequenos momentos, uns fantásticos, outros doridos...
Mas o segredo está em saber tornear os momentos, principalmente os angustiantes...
Também saio, levanto a cabeça, sinto o ar fresco no rosto, olho o ceu...
E agradeço estar viva e ter força para ser e fazer!

Mimos para ti, o poema é lindo!!!

Black Rose disse...

Percorrer sem destino as ruas esquecidas trás alento para se escrever poemas desta qualidade...

O Profeta disse...

Tu és uma ilha de verde e fogo...


E a viagem começa
Sem rumo nem distância
Serei timoneiro de alva barca
Pelo rumo da tua lembrança

Mar de sonhos mil
Oceano de tanta contradição
A ternura invade o caminho
Que leva ao teu coração


Bom fim de semana


Doce beijo

lua prateada disse...

"saio sózinha pelas ruas"pareço eu...
Obrigada amiga pela visita lá na lua e é com muito amor que aqui deixo cair um raio de luz para ti iluminando-te por essas ruas...
Que este ano tudo o que mais ânseias te seja dado.Belo e feliz fim de semana.
Beijinho prateado com muito carinho
SOL

lua prateada disse...

Voltei só para te dizer se te dá vontade VAI !!!
Beijinho prateado
SOL

Ana Luar disse...

Por favor minha doce Luar caminha até ao meu blog e vê que lindas estão as tuas "sobrinhas":)

Kalinka disse...

Gostei do teu caminhar
percorres as ruas,
com o vento no olhar
as palavras são tuas.

às vezes também tento versejar...

...há 8 dias que estou c/uma broncopneumonia, ou seja, deixei o ano velho e entrei no novo neste terrível estado.

Muito obrigado pelo teu carinho em 2007, espero continuar a contar com ele durante 2008.

Beijo. BOM ANO.

Whispers in night disse...

Ola linda!

Bonito como sempre, bem sentido, vindo do fundo da alma.
Andamos pelas ruas, percorremos caminhos sem destino, sentimos fome de amor, caminhamos e lentamente vimos a vida a passar, será que a vida passou ou fomos nos que pela vida passamos?
Mil beijos em teu coração
Whispers

Gui disse...

Sempre a mesma tristeza minha amiga. Quando será que te veremos sorrir?. Um beijo muito...muito grande

Juℓi Ribeiro disse...

Tuas palavras sempre tocam
o meu coração...
Tens a habilidade de repassar
para o papel, com enorme talento
lindos sentimentos.
Nos transportando a este mundo mágico e belo que é
"o universo de tuas palavras"

De uma certa maneira todos nós temos momentos de solidão
e os descrevestes de maneira
bela e comovente.
Obrigada pelo carinho
e pela sua amizade.
Um abraço carinhoso,
repleto de adimiração.

jo ra tone disse...

Será na verdade uma amiga triste?
Ou embala-se profundamente nas palavras do poeta!
Beijinho

multiolhares disse...

Quantas vezes vagueamos sozinhas
E a maior solidão e mais difícil é a que descobrimos
No meio da multidão

Beijinhos
luna