quarta-feira, agosto 13, 2008

AREIAS

O vento quente abrasa o rosto

entorpeçe os sentidos,

viola o corpo como um fogo posto,

devasta os olhos e os ouvidos.

Rodopia e volteia enganador,

quebra-te o espírito,enlaça-te a alma

devora-te docemente no seu calor.

O vento vermelho que escalda com calma

que desnuda os sonhos, que marca a vida,

que acerta o passo em cada nova partida.

No deserto pleno de sons e cores

impera o vento dos desamores.

4 comentários:

jo ra tone disse...

Oláaa,
Há quantas luas!
Lindos posts.
As tuas palavras, vividas ou sonhadas
estão espectaculares para este tempo de veraneio.
Beijinho

Whispers in night disse...

Olá minha querida Amiga!

Tuas palavras São revoltas como o vento
Quentes como uma noite de verão
Trazem muitas vezes lágrimas aos olhos
De quem te lê com o coração
Desejo que o sol da felicidade te aqueça a tua vida, hoje amanhã e para o todo sempre

Bom restante de fim de semana

Beijinhos mil de uma amiga distante, mas sempre perto do coração
Rachel

Whispers in night disse...

Ola querida!

So para deixar um beijo e te desejar uma feliz semana

Rachel

Suave-Toque disse...

Por vezes acontecem imprevistos alheios a nossa vontade, foi o que houve. Precisei me afastar, e deixar de fazer o que mais gosto, escrever.
Estou de volta e completando um ano de palavras. Tenho lá, no meu cantinho um presente para você, o meu selo. Busque-o para guardar contigo em sinal do meu carinho e distribua-o aos seus mais queridos amigos. Meu link mudou. Venha me visitar.

www.suave-toque.blogspot.com

Um grande beijo de:

Suave Toque