sábado, janeiro 16, 2010

NEGRO ANJO


O anjo negro abriu as asas sobre o mundo,

ceifou vidas, casas, sonhos e deixou

atrás de si o silencio magoado e profundo

das almas que ficaram. O grito chorou

bem alto na noite imensa e insana.

O negro anjo rodopiou sem descanso,

arrebanhou nas asas silenciosas

o grande, o pequeno, o raivoso e o manso,

como canoas leves em vagas alterosas

num fragmento de noite tirana.

O grito morre na garganta atordoado

e sem cor, a dor mora no lamento

do olhar aberto de horror estampado,

e o coração chora no passar do tempo

sem entender o voo do negro anjo alado.

5 comentários:

rita disse...

medo do negro anjo!!!

A.S. disse...

Digo-te que os anjos trazem o pólen na ponta das asas. Às vezes vêm pousar nas árvores do jardim.
Não os confundas com os pássaros. Deixa-os cumprir o seu trabalho. Deixa-os florir as copas do silêncio...


Beijos...
AL

Anjo azul disse...

Na vida em que vivemos
Neste nosso caminhar
Infelizmente nunca sabemos
Quando o "Anjo negro" vai chegar

Há que ter forças para enfrentar
A fúria do seu terror
Mesmo que ele nos faça chorar
Com todo o seu pavor
Nunca devemos desanimar
Porque dia há-de chegar
O "Anjo do Amor"

Beijos em seu coração
AnjoAzul

jo ra tone disse...

O anjo negro mete medo,
Que se lhe arranquem as plumas sem pena nem dó para não causar mais dano a este mundo perdido e só.

Beijinho

barbara disse...

Nunca sabemos onde o anjo negro vai estar
aqui ou ali ele sempre tem algo a estragar .
Nao se deixes abalar um dia o anjo bom
vai chegar.

Um abraço