segunda-feira, maio 09, 2011

MADALENA (cont)



A mentira de Madalena é sempre descoberta, é posta em cheque e apontada como mais uma falha sua. Lidar com os seus sentimentos é das coisas mais difíceis. Por um lado é o sabor do fracasso, por outro a revolta de ser controlada com coisas que são apenas e só suas. A sua vida é sua para viver, e tem que ter o espaço para contar ou não algo dela. Coisa que não é entendida; “A amizade é incondicional, porque não dizes as coisas, porque queres ter segredos? Sempre dissemos que entre nós contávamos tudo!”- esta e outras frases são constantes a cada novo trambolhão, a escalada de tentativas sucessivas de saber mais e mais da sua vida, de a obrigar a contar cada pormenor são um tormento entre as duas.

Uma tem medo de cada coisa que não conta ou inventa, a outra tem uma preocupação quase mórbida de a forçar a não sair do caminho.
A confiança de outrora morre. Madalena força-se a mudar a sua atitude, cai, levanta-se e volta a cair, não é fácil contrariara uma vida de fugas, mas essa amizade vale mais que tudo na vida. Esse grão pequenino que ambas um dia lançaram à terra e que germinou vale tudo. Num esforço que aos pouco vai tentando que seja menos esforço e mais normalidade, vai dando passos na tentativa de reconquistar o que perdeu por suas próprias mãos. O caminho não é fácil, até porque cada uma tem a sua personalidade e ambas são duras. Só mesmo a imensa amizade que as une tem forças para levar por diante a luta que travam. Uma por se manter fiel à sua promessa de não mentir e contar as suas coisas com naturalidade, a outra por deixar de querer saber tudo, por aceitar que há aspectos que não tem que saber, que há momentos que não lhe interessam, por ir perdendo a desconfiança que sempre salta ao mais pequeno sinal pouco normal, ou comum. Ambas se esforçam e lutam denodadas para que a sua amizade não morra e perdure….


A vida dará a resposta….Num futuro...

2 comentários:

Juℓi Ribeiro disse...

Luar:

Como sempre a beleza e o encanto estão presentes em tudo o que escreves...
Tenho enfrentado muitos problemas de saúde.
Perdoe a minha ausência.
Beijo.

rita disse...

Querida Madalena,

mais uma vez estamos juntas e a lutar com tudo o que temos, a vida tem-nos ensinado que juntas somos mais fortes e 1ue tudo corre mt melhor.
Quero muito vencer de novo contigo, mesmo que hajam quedas, sabes que estou sempre aqui.