quinta-feira, março 01, 2018

EXCOMUNGADAS SENTINELAS


Como se elevam as encapeladas ondas do vazio,
para onde arrostam esta corpórea alma de negras vestes?
Um dia abri uma janela sem tempo e olhei ao largo
em busca de um navio sem mastros nem velas.

Um dia desaguei num espalhafatoso Estio,
onde o sol era lua e a lua um monte de cristais agrestes.
Ainda ontem te olhei nos olhos; apenas vi o embargo
com que pintaste uma tela de frases, esquecidas nas vielas.

E as ondas, de vida plena, esmurram os mandos do bailio,
que governa as horas do sonho. Entrópicas, as estepes
plantadas um dia, como farpas de assinado encargo
que carrego na alma, nos olhos; enevoadas janelas.

Ainda ontem te embalei os medos, aconcheguei do frio
que inundava as horas. Foi ontem, em noite de ciprestes,
que inventei palavras novas, abri as veias ao veneno amargo
de um amor sem nome, cego, pleno. Excomungadas sentinelas

de um tempo que o tempo enviesou, torceu, esmaeceu, como pavio
de esfarelada vela. As encapeladas ondas, deste manto de celestes
encantos, esfumam-se pela brecha de um esquecimento que alargo
ao futuro, ao passado e encastoo numa lágrima de aguarelas.


Como se encapelam as ondas, como rugem os mares,
 como choram as gaivotas.... nas praias do fim do mundo.



Lágrimas de lua

Imagem retirada da net

6 comentários:

luna luna disse...

as praias do fim do mundo, podem ser as do inicio, os pólos se atraem, e há sempre um porto seguro para os barcos mesmo sem mastros e velas.
beijinhos

LuísM Castanheira disse...

Olá, minha Amiga:
As minhas desculpas por andar tanto tempo arredado destas lides e sem publicar, ler e/ou comentar.

Agora, que o tempo é de ficar em casa, com o clima é agreste, já terei a oportunidade de ver a poesia que aqui deixa. E cada vez melhor...
Este poema é de uma beleza enorme,embora com perfume doce/amargo q.b..
(tempestades em alto-mar, sem porto a abrigar)
Obrigado pelo comentário de ontém.
Um beijo amigo.


Jaime Portela disse...

A tua poesia é notável.
E este poema é de antologia.
Excelente, parabéns.
Mas, como contigo posso dizer o que sinto, só não gosto das cores que usas (preferia o preto). Mas isto, para além de subjectivo, não altera em nada a excelência do conteúdo.
Boa semana, minha querida amiga.
Beijo.

Gil António disse...

Visitando e lembrando que sendo hoje DIA INTERNACIONAL DA MULHER, nada me impede de dizer que: "" Cada mulher que nasce é uma Estrela que brilha na Terra "" ...... A Sua publicação - POEMA MAGISTRAL - é de uma ternura e carinho exemplares.
.
* (Poetizando e Encantando) MULHER ... O Equilíbrio da Vida *
.
Votos de um dia feliz

Jaime Portela disse...

Parabéns pelo teu dia, o da Mulher.
Continuação de boa semana, querida amiga.
Beijo.

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

muito sensível e poético esse texto, evoca grandes explosões de sentimento e profundas imagens épicas...parabéns!

CAIS DE ANTEPASSADAS PEDRAS

Imagem retirada da ne t Um rasto de luz, uma porta entreaberta, um sopro de verde, uma lágrima de vento,...