sábado, setembro 29, 2007

PORTO SEGURO

Mensageira de um porto seguro

a quem a lua foi roubada,

a quem os sonhos foram arrancados.

Mensageira de um ténue futuro

a quem a passagem foi trancada,

a quem os desejos foram despedaçados

como peças de um puzzle qualquer

que o vento derrubou.

Menina, que o tempo fez mulher

e a vida quebrou.

Mensageira de um grito sem som

perdido na noite sem luar,

de raios sem cor e sem tom

afogados num rio que só corre para o mar.

9 comentários:

Whispers in night disse...

Lindo!

Me fez cair umalagrima teimosa em meu rosto.

Adoro te ler, me traz paz te ler, vejo teus sentimentos verdadeiros em cada letra que aqui escreves.
beijos mil e bom fim de semana
Whispers

Lu@r disse...

A imagem e poema triste e sentido. As palavras iluminam uma dor que vai dentro de ti. este poema diz-me muito porque me senti na imagem.

Deixo aqui um beijo profundo

Rui Caetano disse...

Um porto seguro é o que andámos à procura, mas se houver um tanto de incerteza e um tanto de inquietude será uma forma de não nos acomodarmos.

Fernanda e Poemas disse...

Olá lindo poema- Adorei!!!!!!!!!
BEIJINHOS!
Fernandinha

Gui disse...

Mensageira das coisas belas, dos sentimentos bonitos, da amizade sincera e do talento artístico. Um beijo grande, mensageira.

Ana Luar disse...

(E porque existem dias inesquecíveis, quis partilhar com com quem passeia por dentro de mim, este dia memorável.
Nasceram as minhas meninas Mariana e Margarida um tesouro oferecido pela minha filha Raquel, a toda a família. Deixo a promessa de te apresentar brevemente, as duas novas estrelas da minha vida.)

Whispers in night disse...

Ola linda!
passando para te desejar que esta semana seja o comeco de tudo do melhor que mereces
beijos mil em teu coracao
Whispers

O Profeta disse...

Tu és um rio de águas desenfreadas...para onde corres...?

Doce beijo

Paula disse...

Também eu sou mensageira de um grito sem som...
As suas palavras são pássaros que voam na imensidão duma alma humana, ansiosa de amor...

Abraço