quarta-feira, setembro 27, 2006

VESTIDO MAIS BELO


Duas formas de uma frase que ouvi.
Deram dois poemas, não sei de qual gosto mais, fica ao vosso critério




Vem amor,
no teu vestido mais belo!
Na tua pele branca e nua,
como um breve raio de lua.
Vem amor
no teu sorriso singelo,
no esplendor do corpo alvo
onde me perco e me salvo.
Vem amor,
no teu mais lindo vestido,
a tua pele por minhas mãos desnudada,
arrepiada, entregue e perfumada.
Vem amor,
no mais literal sentido
deitar-te na minha cama
e atear a nossa chama,
perder-te em mil carícias,
afundar-me nas delicias
do teu mais belo vestido.

2 comentários:

Gui disse...

São dois lindos poemas, idênticos na forma e no conteúdo, mas ambos ternos e significativos. Gostei. Um beijinho

Lu@r disse...

Vou... perante esse convite não podia negar.

Deixo um beijo nocturno