quinta-feira, outubro 04, 2007

DESENHO-TE

Desenho-te no vazio da noite,
na escuridão do quarto silencioso.
Evoco a luz da lua para que acoite
o meu sonho medroso.
O meu desejo calado, mordido, sufocado,
o beijo ansiosamente à espera de outro beijo,
o meu corpo amordaçado
no teu toque apenas sonhado e que não vejo.
Os lábios molhados de paixão...
E sinto-te em mim como um vulcão
prestes a explodir,
a eclodir.



E levo a noite a desenhar-te sem parar,
cada traço do teu rosto,
cada expressão do teu olhar,
cada toque um fogo posto
que no meu corpo acendes.
Cada beijo uma centelha de magia,
essa com que me prendes
nos acordes da fantasia.
E o meu corpo aguarda-te na solidão
da noite escura em que busco a tua mão
e encontro o vazio de ti em mim
num desespero que parece não ter fim.
Mas continuo a desenhar-te no vazio da noite....

4 comentários:

Ni disse...

Vi, sorridente, que alguém te atribuiu o prémio do meu blog, 'momentUS'. Deixa-me reatribuir-to! Sorriso. Este teu recanto de magia nas palavras e nos sentires é um dos que me deixa a certeza de que a blogosfera pode ser, e é, um espaço de partilha de afectos, sentires, emoções...

... e tu partilhas esses teus passos de luz da lua de uma forma muito bela.

Ni*

Lu@r disse...

Um desenho que não se toca
Um toque que pode ser o teu

Beijo

Whispers in night disse...

Ola linda!
Como e bom desenhar na imaginacao aquilo que desejamos desenhar na vida real
como e bom saber usar as palavras como tu usas para dizer o que te vai na alma, nao me canso de te ler e dizer que es dos blogs que me da prazer ler-te
mil beijos em teu coracao de ouro
Whispers

No Limite do Oceano disse...

Desenhar alguém no vazio da noite é um desafio…daqueles que sabemos que quando pousarmos a pincel, ou o lápis o resultado será um pedaço nosso, o vazio deixará de o ser, preenchido com parte de nós!

*Hugs n’ smiles*
Carlos