sábado, novembro 03, 2007

INTANGÍVEL


Caiu o dia, a noite invade o mundo

e no seu silencio intangível

um unico som ecoa, o murmurio de uma voz sobre as águas verdes do rio;


Amo-te, amo-te, amo-te, a...m...o...-...t...e, a.........m.......o.......-......t......e, a................m.................o....................-........................t.......................e, a..........................m..........................o...........................................................

1 comentário:

Ni disse...

Lindo....

A forma e o conteúdo em perfeto abraço...as letras, sons, como gotas...lágrimas... que se juntam ao rio e vão...
... sábias... sabem que um mar maior as aguarda.

Gostava de 'saber' como elas...